Li e Gostei

Pra Ser Sincero

Bah, se eu tivesse esperado mais 10 min. teria escutado uma música se que encaixa perfeitamente no que estou sentindo agora:

Engenheiros do HawaiiPra ser sincero

Pra ser sincero eu não espero de você
Mais do que educação,
Beijo sem paixão,
Crime sem castigo,
Aperto de mãos,
Apenas bons amigos...

Pra ser sincero eu não espero que você
Minta
Não se sinta capaz de enganar
Quem não engana a si mesmo

Nós dois temos os mesmos defeitos
Sabemos tudo a nosso respeito
Somos suspeitos de um crime perfeito,
Mas crimes perfeitos não deixam suspeitos.

Pra ser sincero eu não espero de você
Mais do que educação,
Beijo sem paixão,
Crimes sem castigo,
Aperto de mãos,
Apenas bons amigos...

Pra ser sincero não espero que você
Me perdoe
Por ter perdido a calma
Por ter vendido a alma ao diabo

Um dia desses
Num desses encontros casuais
Talvez a gente se encontre
Talvez a gente encontre explicação

Um dia desses
Num desses encontros casuais
Talvez eu diga, minha amiga,
Pra ser sincero, prazer em vê-la
Até mais... (até mais)

Nós dois temos os mesmos defeitos
Sabemos tudo a nosso respeito
Somos suspeitos de um crime perfeito
Mas crimes perfeitos não deixam suspeitos.

Menino Maluquinho

Semana passada vi o MTV+ do Raul Seixas, e me identifiquei num ponto, diz q qdo ele era criança ele pensava que era maluco e ninguem queria contar pra ele. Eu pensava o mesmo.
hehehe

Esses tempos fui com outra amiga mto querida ao show do NX Zero, até o dia anterior do show acho que nunca tinha escutado uma musica deles. Mas gostei mto. Uma pena que as letras deles só falam de sentimentos. O tal de movimento emo. :/
Mas como gosto mto de punk e música agitada gostei.

Eis uma música que tava escutando hj e pensei em colocar aqui, já tava mudando de idéia, mas acho q mal não faz, então eis ela:

Ontem estava bem sem você aqui
Eu sei tudo mudou, o ódio, seu descaso e eu também
Era bem mais fácil dizer
Em poucas palavras esconder
E se meu sangue te machucar?
Se meu orgulho te aprisionar?
Temos algo mais para perder?
É como uma prisão,
Em que a única saída é o seu perdão
Sem explicação,
Vivendo uma mentira sem razão
Hoje me convenci que a vida continua
E talvez até consiga correr atrás do tempo que perdi
E se meu sangue te machucar?
Se meu orgulho te aprisionar?
Temos algo mais para perder?
É como uma prisão
Em que a única saída é o seu perdão
Sem explicação
Vivendo uma mentira sem razão
É como uma prisão
Em que a única saída é o seu perdão
Sem explicação
Vivendo uma mentira sem razão

Amores Perdidos

Acho q esse meu blog está ficando mto meloso, mas o que eu posso fazer se é só sobre o que tenho vontade de falar.
Depois do último post, repensei um monte sobre o que disse q sobre o que passava na minha cabeça naquele momento. E já estava afim de escrever mais uns dois só para concluir o que comecei.
Escrever aqui me faz pensar melhor e organizar melhor minhas idéias e ainda o último post coincindiu de ser o dia de eu ir na psicologa e tudo mais, o que me fez pensar mais ainda.

Também, acho que eu sempre começo a escrever aqui quando converso com alguma amiga sobre o assunto, aí me dá vontade de escrever a respeito. Esse tipo de coisas só consigo conversar com minhas amigas mesmo.

Parece que a audiencia nesse meu blog aumentou e com isso aumentou também meu medo de me abrir mais ou falar algo que possa me tornar vulnerável, afinal é por isso que as pessoas não se abrem umas com as outras, com medo de ficar vulnerável e que aquela informação possa ser usada contra ela. Por isso tento manter todas as pessoas que falo a respeito aqui anonimas, porém eu já estou vulnerável.

Comentava com uma amiga no inicio da semana que ainda não tinha conseguido "continuar minha vida". Que parecia que havia medo. Medo de fazer algo que destruirá a minha "estabilidade" ou que não se possa voltar atrás, corrigir. Ela disse que talvez fosse um medo de descobrir que outra pessoa também pode me completar, quando eu tento acreditar que somente uma me completava. Mas será que me completava mesmo? Ou era somente ilusão? Penso que a gente vê só o que quer ver e não a realidade de fato. Que cada um tem a sua realidade, a sua verdade.
Ficamos tentando acreditar que esse nosso último relacionamento voltará a dar certo, que tudo será diferente, mas apesar de poder ter pequenas mudanças, a probabilidade de que todo o resto continuará igual é muito grande.

Estou diante de um precipicio e sei que terei que salta-lo. Já assistiu história sem fim? Então o guri tinha medo de alturas, mas no fim ele salta. :P
E a cada amor que "termina" aumenta a frustação e o medo. Você pensa: será que o próximo dará certo? Será que ao menos conseguirei corrigir os erros do anterior?

Já falando com a namorada de um amigo ante-ontem que comentava que seu relacionamento anterior tinha sido mais ou menos como o meu. Eles não tinham nada a ver, totalmente diferentes, tinha tudo para separá-los, mas o amor ainda os mantinha unidos e assim foi por 3,5 anos até que ele se mudou para longe e não teve mais como manter o relacionamento. Já o meu foi mais curto e o fim mais dolorido. Não soube cuidar do meu amor.

Eu acredito que tudo que é para ser será. Tudo um dia se resolverá. Se não for pra ser hoje, quem sabe amanhã?

O jeito é sempre se lembrar das coisas boas, mas também não esquecer das ruims para não repetirmos os erros e também para nos fortalecer quando aquela vontade de se humilhar até o fim para tentar voltar aparecer.

Talvez eu seja um pouco orgulhoso demais. Porém temos que saber quando sermos humildes e quando devemos ser orgulhosos, pois não podemos ser capacho de ninguém.
Acredito que relacionamento são formados de trocas. Hoje eu te ligo, amanhã você me liga. Hoje vemos seu filme, amanhã o meu. etc.

Acho que já me prolonguei demais. O não dito ficará para o futuro.

"Don't Worry. Be Happy!"

Recontando a história

Ser sincero? Verdadeiro? Contar td?
Acho que isso faz parte de mim, da minha essência e tento perder isso para poder me encaixar nesse mundo.
Ninguém quer que sejamos sinceros, as pessoas querem que digam o que querem ouvir, são mais felizes assim. Por que saber a verdade se a mentira é mais feliz?
Dizem que conforme os anos de estudom aumentam a felicidade diminui. Imagino eu que os anos de estudo representem a inteligencia, então quanto mais inteligente mais infeliz.
Bom, me considero inteligente. Mas prefiro a verdade do que a história feliz.
Será mesmo? Conheça-te a ti mesmo. :/
Bom to tentando me conhecer, acho q por isso estou indo a uma psicologa.

Ontem foi a colação de grau de uma grande amiga, uma das primeiras pessoas que fiz amizade quando me mudei para cá. Mas também era de uma ex-namorada que era colega dela.
Nossa, muitas lembranças vieram a tona. Tinha vontade de parabeniza-la pessoalmente, mas pelo olhar acho que ela não queria que eu me aproximasse, não sei.
Sonhei com ela a noite toda.
Sonhei que ela queria se aproveitar de mim.
Subconciente falando mais alto? Não sei.
Mas penso que era assim qdo estavamos juntos.
Eu era o travesserinho luxuoso dela, mas depois pensando, tava bom pra mim assim.
Eu terminei com ela pq ela tinha voltado pra cidade dela e ficado com um ex.
Soube pq eu tinha robado td as senhas dela. Pq fiz isso? Pq já não confiava :(
Depois pensando melhor, eu gostava dela, gostava do q tinhamos juntos
Eu devia apenas ter mudado o q eu pensava em relação a nós.
Saber q poderia acabar a qq hora, mas aproveitar enquanto durasse, sabe?
Nunca brigamos, ela era mto querida, me fazia super bem.

Quando soube, fui lah e joguei td na cara e ela negou tão bem q chegou a me confundir.
Uma semana depois eu contei como tinha descoberto, e aí ela nunca mais falou comigo (por um bom tempo ao menos).

Preciso me corromper para poder me encaixar nesse mundo ? ? ? :(

Verdadeiro. Sincero.
Eu estou tentando perder isso aos poucos.
Já fui cachorro, acredite, por um tempo.
Dificil de acreditar, sei.
(Já olharam por outro ponto de vista e disseram q eu era galinha, mas td bem)

Fiquei assim depois q terminei com essa minha ex-namorada.
Revoltei com o mundo. Ser corno muda a gente. :P
Nunca peguei tanta menininha e fui tão cachorro.
Mas passou...
A minha ultima ex me curou. E pra q? Pra me abandonar ao mundo novamente?

Esta ex mais recente, acho que era tudo que eu queria em alguém, ou talvez o que eu queria naquele momento. Verdadeira, sincera (penso q era ao menos :P), fiel (eita hein).
Uma amiga me disse:
"traição SEMPRE vai existir, pode não ser hj ou amanhã.
mas em algum momento da relação vai rolar, de pelo menos uma das partes
o negócio é a maneira q a gente lida com isso."
Bom, essa não era uma realidade que queria nem quero pra mim.
Mas infelizmente sei que a natureza humana é poligamica.

Talvez ela esteja certa e eu tenha que aprender a lidar com isso, qdo acontecer.

Copyright © FelipeVR
Designed by Templates Next | Converted into Blogger Templates by Theme Craft